“São João, São João! Acenda a fogueira no meu coração.” Quem não conhece o refrão de “Sonho de Papel”? Gravada por Carmen Miranda, em 1935, a música junina parece estar mais atual do que nunca. Depois de 85 anos, em razão da pandemia e com toda a razão, não teremos fogueiras em 2020. Mas atendendo ao pedido da antiga canção, elas poderão ser acesas no meu, no seu, nos nossos corações. Dá saudade dos arraiais de antes? Claro. Para suavizar, o Apoio traz um bocadinho do que já vivemos juntos. Nesse ano, não teremos nossos tradicionais e tão queridos festejos juninos. Nem por isso deixaremos de celebrar em nossas casas. Bem pouca gente e bem muita alegria. Forró autêntico. Milho cozido no lugar de milho assado. Canjicas, pamonhas, pés de moleque e mãos de gente empática. Solidária com o momento que o país atravessa. Eita, Santo Antônio, São João e São Pedro devem estar orgulhosos de tantas pessoas que valorizam a vida. Viva!

#TBT Junino Apoio, boas lembranças aquecem.